Alerta: informações falsas sobre os serviços do SPC são espalhadas na internet

Diversos anúncios estão sendo espalhados na internet há tempo, a respeito de cobranças do Serviço de Proteção ao Crédito – SPC Brasil. No entanto, essas publicações online são as que induzem o internauta a pagar determinada taxa para que seu nome seja retirado da lista de inadimplentes da entidade. Porém, em nenhum momento a cobrança de qualquer dívida é feita pela internet e que não é com o pagamento de taxa que o nome da pessoa física ou jurídica será retirado do sistema.
O cliente que, por ventura estiver com alguma inadimplência, é informado da dívida, através da notificação por correspondência impressa, endereçada à sua residência. Jamais são enviadas notificações ou cobranças através de e-mails, telefone ou outro meio de comunicação. O método de cobrança oficial e único é a carta enviada ao consumidor, que traz em seu conteúdo a loja na qual a pessoa está devendo e, dependendo do órgão de proteção ao crédito, o valor da dívida.
Após o recebimento da notificação de inadimplência, a pessoa deve entrar em contato e ir pessoalmente à empresa onde tem a dívida e negociar o pagamento com os responsáveis do estabelecimento. Só depois desse procedimento e do pagamento para negociação e pagamento é que o nome da pessoa é retirado do sistema do SPC.
Outra sugestão, caso o cliente não tenha identificado a dívida recebida na correspondência, pode se dirigir ao balcão de atendimento da CDL mais próxima para realizar a consulta em nível nacional do seu CPF e/ou obter mais detalhes sobre a pendência.

Vítimas

Uma pesquisa nacional realizada pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que 54% dos consumidores brasileiros foram vítimas de algum tipo de fraude nos últimos doze meses. De acordo com especialistas das duas entidades, o percentual obtido na pesquisa é alto e representa 5,4 milhões de brasileiros, somente nas capitais do país. O estudo mapeou ainda, os golpes mais frequentes e buscou estabelecer um perfil das vítimas dessas práticas fraudulentas.

Seu comentário é muito importante

dez + onze =