Principal rua do Centro Histórico será revitalizada

A próxima vez que alguém olhar para a igreja Santo Antônio, passar pelo calçadão e na Rua Raulino Horn, no Centro Histórico, não irá mais avistar os fios de energia incomodando o visual. No momento de tirar uma fotografia a beleza dos antigos casarios será enaltecida. Caminhar apreciando o patrimônio histórico terá um atrativo a mais. As mudanças ocorrerão nas próximas semanas com as obras de revitalização da Rua Raulino Horn e da rede subterrânea de distribuição de energia. Primeira etapa de um projeto para beneficiar todo o Centro Histórico. No dia 1º de setembro, no Centro Cultural Santo Antônio, os técnicos responsáveis pelas mudanças apresentaram o projeto à comunidade. Antes, profissionais de empresas de telefonia, internet e energia estiveram reunidos para tratar do andamento da obra.
Avaliada em R$ 8.016.881,71 milhões, vindos do Governo Federal, parceria do Iphan, Fundação Lagunense de Cultura e Secretaria de Planejamento Urbano, a requalificação irá abranger também a Rua Jerônimo Coelho (Banco Bradesco em direção a igreja matriz), a Praça República Juliana (estátua de Anita), XV de Novembro (Rua do Iphan e calçadão) e Praça Jerônimo Coelho (Largo do Rosário).
Três empresas serão responsáveis pela obra: Quantum Engenharia, Sadenco Engenharia e Magapavi Construtora. Sendo as duas primeiras pelo cabeamento subterrâneo. A obra envolve a drenagem pluvial, pavimentações, paisagismo, mobiliário urbano, cabeamento subterrâneo, novos postes com led e iluminação cenográfica em fachadas de prédios históricos.
O prefeito Everaldo dos Santos classificou as mudanças como “ação extraordinária para enaltecer o centro histórico”. Segundo ele, “transtornos acontecerão, mais serão necessários para um bem maior e coletivo”.
Os trabalhos das empresas envolvidas precisam estar em sincronia na abertura da rua e colocação do pavimento.
Laguna é contemplada com o Pac das Cidades Históricas foram destinados R$ 18 milhões para revitalização do centro histórico. A requalificação da Raulino Horn é o primeiro de nove projetos que irá iniciar.

Postes de energia
Toda a rede de energia, internet e telefonia que está fixada nos postes de concreto localizados na Rua Raulino Horn, arredores da igreja matriz e calçadão será transferida para cabos subterrâneos.
A iluminação pública será com lâmpadas de led, com postes diferenciados. “Investir em sistemas de iluminação mais eficientes ajuda a reduzir o consumo de energia de maneira significativa, diminuindo os custos”, descreve a secretária de Planejamento Urbano, Grazielle Sitônio, uma das responsáveis pelo projeto junto com Claudione Fernandes.
O engenheiro Gilberto dos Passos Aguiar, da empresa vencedora da licitação, explica que serão 18 mil metros de rede implantada. Cidades como Florianópolis e São Francisco do Sul já saíram na frente.
No museu histórico Anita Garibaldi e na igreja matriz iluminação cenográfica com led serão colocadas para exaltar a beleza dos prédios.

Esquinas decoradas
A extensão de 400 metros da Rua Raulino Horn deverá ganhar calçadas e vias de rolamento com condições de acessibilidade, sendo que todas as esquinas das ruas terão o mesmo nível da calçada, chamada esquinas elevadas, melhorando a circulação de pedestres e diminuindo a velocidade do automóvel. O material atual será substituído por piso podotátil, uma criação exclusiva para atender a situação urbana de Laguna. A faixa de segurança terá placas de granito.

História
A Raulino Horn é a principal rua do centro histórico, onde está localizado o Museu Histórico Anita Garibaldi e outros prédios tombados. Grande circulação de pedestres e veículos, principalmente, devido ao comércio no local. Raulino Júlio Adolfo Horn (Laguna, 1 de julho de 1849 — Florianópolis, 26 de setembro de 1927) foi um farmacêutico, jornalista e político brasileiro. Filho do farmacêutico alemão Eduardo Amadeus Otto Horn, que imigrou para o Brasil em 1838, e de Claudina Bernardina de Oliveira Medeiros.

Saneamento básico
A partir da abertura das valas, na Rua Raulino Horn, a empresa que está realizando o saneamento básico no município, a Confer, deverá iniciar a instalação da drenagem cloacal. O trabalho deve ser sintonizado. Reuniões já foram realizadas para adiantar o processo.

Outros projetos que deverão ser licitados dentro do Pac das Cidades Históricas
2 – Etapa final da restauração do casarão do Clube União Operária;
3 – Restauração da Casa de Anita Garibaldi;
4 – Restauração do sobrado da Sociedade Musical Carlos Gomes;
5 – Restauração da Casa Candemil;
6 – Restauração da antiga subestação de energia;
7 – Restauração do casarão da Sociedade Recreativa Clube Congresso;
8 – Restauração da Antiga Estação Ferroviária;
9 – Restauração do casarão do Clube Blondin.

FONTE: PML – http://www.laguna.sc.gov.br/noticias.php?cod_noticia=8186
Foto: Marco Bocão

Comments

  1. Guilherme
    9 de setembro de 2014 at 02:15

    Eu estou gostando das coisas que estão acontecendo na cidade, não sei se isso é obra do prefeito, se for, ele esta fazendo um ótimo trabalho!

Seu comentário é muito importante

17 − dezesseis =